ORGANOGRAMA INSTITUCIONAL E ACADÊMICO

A organização institucional da ESMAC está centrada nos seguintes setores: mantenedora, conselho superior, diretoria geral, diretoria administrativo-financeira, diretoria acadêmica em diretorias, colegiado de curso, instituto superior de educação, coordenações e núcleos, conforme ilustrado pela figura ao lado.

foto23

VISÃO POLÍTICA DA ESMAC: gestão e objetivos para Ensino, Pesquisa e Extensão

As políticas da ESMAC estão expressas de acordo com as seguintes dimensões: gestão, ensino, pesquisa, extensão, cultura (arte, esporte e lazer), responsabilidade social e pós-graduação. A formulação dessas políticas está organizada de acordo com objetivos e metas.

– Gestão

A política de gestão para os próximos cinco anos estará centrada numa atualização do sistema de planejamento da ESMAC, com a institucionalização do planejamento estratégico. Isso será complementado pela atualização da gestão organizacional e da infraestrutura em apoio às atividades principais de ensino, pesquisa, extensão e cultura (artes, esporte e lazer) com responsabilidade social. Os programas de desenvolvimento individual dos atores são essenciais nesse processo, assim como um melhor relacionamento com organizações que afetam o funcionamento da instituição.

Objetivo 1– Institucionalizar as práticas de planejamento e gestão estratégicas.

Metas:

  • Revitalizar a infraestrutura de planejamento institucional de curto, médio e longo prazos.
  • Realizar sistematicamente, em conjunto com os diferentes seguimentos gestores da instituição, as atividades de planejamento institucional.
  • Fortalecer a atuação dos órgãos colegiados e núcleos na definição de ações estratégicas nas áreas de planejamento, regulamentação e avaliação.
  • Redefinir e implementar um sistema de avaliação continuada, integrado ao planejamento institucional.
  • Avaliar e atualizar periodicamente o planejamento institucional, adotando o planejamento institucional como meio de implementar processos eficientes e efetivos de gestão.
  • Implantar modernas práticas de gestão de pessoas, potencializando o servidor técnico-administrativo na realização das atividades-meio.
  • Reforçar a valorização e o respeito aos servidores, mobilizando suas competências e motivações.
  • Integrar a gestão de servidores docentes e técnico-administrativos em educação.

Objetivo 2 – Adaptar a infraestrutura e sua gestão às demandas da atualidade.

Metas:

  • Modernizar a infraestrutura dos serviços de redes e sistemas de informação.
  • Fortalecer a manutenção preventiva de edificações, laboratórios, almoxarifados, sistemas de informação e de segurança física e patrimonial.
  • Fortalecer o compartilhamento responsável de equipamentos científicos entre as diversas áreas da comunidade interna.
  • Desenvolver ações para a contratação de profissionais especializados para a operação de equipamentos de alta complexidade e o atendimento aos laboratórios multiusuários.
  • Definir os critérios da ocupação territorial e do uso do espaço físico, proporcionando a racionalização e humanização das atividades de ensino, pesquisa, extensão, culturais e de interação social.
  • Estabelecer critérios de uso racional de recursos e ampliar e difundir iniciativas e programas já existentes, assegurando os princípios da sustentabilidade.
  • Avaliar e melhorar os instrumentos e procedimentos relacionados à segurança pessoal e patrimonial na Instituição.
  • Adequar a infraestrutura da ESMAC de modo a garantir a acessibilidade para fins de inclusão social, levando em consideração diferenças físicas.
  • Ampliar a oferta de lanchonetes, modernizando/implantando novas estruturas de acessibilidade.

Ensino:

A política de ensino enfatiza a preparação do ser humano para entender e intervir adequadamente na sociedade em que vive, buscando formar cidadãos com uma visão inter e multidisciplinar de sua área de atuação, com pensamento global em suas ações e elevados padrões éticos.

Visando a um padrão de excelência acadêmica, o ensino proporciona a construção de competências, habilidades e atitudes, por meio da utilização de práticas pedagógicas diversificadas, fundamentais na formação mais qualificada. Tais práticas deverão ser constituídas por aulas teóricas utilizando tecnologias educacionais inovadoras, práticas laboratoriais e de campo, elaboração de monografia, atividades de monitoria e estágio, participação em projetos de pesquisa, de iniciação científica e em atividades de extensão, bem como em congressos, eventos, oficinas e colóquios, entre outros.

Por meio da atualização e da modernização dos regimentos, busca-se institucionalizar os vários agrupamentos de laboratórios de pesquisa, de grupos de pesquisadores, incluídos ou não em convênios bilaterais ou multilaterais, e favorecer a constituição de convênios entre instituições de ensino e pesquisa nacionais e internacionais.

Objetivo 3– Assegurar a qualidade do ensino em todos os níveis buscando novos patamares de excelência acadêmica.

Metas:

  • Formular e avaliar políticas e ações relacionadas aos cursos de graduação e educação básica em consonância com a missão da ESMAC e de acordo com as diretrizes curriculares nacionais.
  • Incentivar a criação de novos cursos e realizar ações de apoio à reformulação, implementação e gestão dos projetos pedagógicos dos cursos de graduação.
  • Ampliar a integração entre os cursos de graduação e os programas de pós-graduação nas modalidades presencial e a distância.
  • Fortalecer os cursos do Instituto Superior de Educação/ISE.
  • Institucionalizar as atividades de ensino a distância nos níveis de graduação, pós-graduação e educação continuada.
  • Implementar ações de valorização dos coordenadores, professores e técnico-administrativos das coordenações dos Cursos de Graduação e dos Programas de Pós-Graduação.
  • Acompanhar os processos de avaliações internas e externas dos cursos e dos docentes, sensibilizando a comunidade acadêmica da sua importância na melhoria contínua da qualidade dos cursos.

Objetivo 4 – Institucionalizar ações inovadoras nas atividades de ensino.

Metas:

  • Estimular a utilização de metodologias educacionais inovadoras.
  • Fortalecer a interdisciplinaridade e multidisciplinaridade especialmente em cultura, artes, esporte, lazer e ciência na relação entre comunidade interna e externa.
  • Estimular o envolvimento e a responsabilidade dos alunos de graduação em atividades de monitoria, pesquisa, extensão e aprimoramento profissional.
  • Readequar as atividades de estágios e estimular o exercício da atuação pré-profissional.
  • Fomentar iniciativas institucionais que promovam a mobilidade interinstitucional estudantil e docente.
  • Incentivar a ampliação na promoção de eventos acadêmicos inovadores com a participação de palestrantes externos.

Objetivo 5– Buscar novos patamares de excelência acadêmica na Pós-Graduação.

Metas:

  • Estimular iniciativas de melhoria do desempenho dos cursos de pós graduação na relação com os cursos de graduação recém aprovados com notas 3, 4 e 5.
  • Estimular maior participação dos pós-graduandos em atividades de ensino, pesquisa e extensão.
  • Ampliar o apoio ao corpo discente para melhorar a qualidade de monografias, dissertações e teses por meio de incentivos à publicações.

Objetivo 6– Ampliar o acesso qualificado e a efetividade dos processos de formação.

Metas:

  • Aprimorar os mecanismos de acesso à instituição e acompanhar as ações do Programa implantados com esse fim, procedendo a sua avaliação e a proposição de mecanismos relacionados às distintas dimensões e aos seus resultados.
  • Ocupar vagas ociosas, após o processo de matrícula, com alunos especiais e por transferências e retornos de alunos regulares tanto para o ensino presencial como a distância, por meio de Programas de Incentivo.
  • Monitorar os índices e as causas de evasão nos cursos de graduação presencial e a distância.
  • Desenvolver ações inovadoras para reduzir a evasão, com a participação dos estudantes de pós-graduação e do corpo técnico-administrativos.

Objetivo 7– Institucionalizar ações de interação com os egressos.

Metas:

  • Implementar unidade organizacional específica e política de relacionamento com os egressos.
  • Implementar programas de monitoramento dos egressos para fornecer subsídios aos cursos, visando à constante atualização dos currículos perante as necessidades da sociedade.
  • Desenvolver ações de cooperação e de promoção institucional com os egressos.

Pesquisa:

A pesquisa, entendida como atividade indissociável do ensino e da extensão, visa à geração e à ampliação do conhecimento, estando necessariamente vinculada à criação e à produção científica e tecnológica, seguindo normas éticas de pesquisa. No âmbito da ESMAC, a maior ênfase será dada ao reforço de um ambiente institucional para o desenvolvimento da pesquisa, com infraestrutura de pesquisa, com implantação de novos laboratórios multiusuários institucionais, à construção de infraestrutura física e à contratação de pessoal qualificado para o desenvolvimento de pesquisa, apoio ao processo de formação e consolidação de novos pesquisadores.

Objetivo 8– Promover a implantação de estruturas inovadoras de pesquisa.

Metas:

  • Reforçar a estrutura de apoio administrativo e técnico especializado a projetos de pesquisa institucionais.
  • Desenvolver e incentivar a pesquisa e a pós-graduação relacionadas à língua de sinais.
  • Fortalecer as atividades de pesquisa executadas na instituição existentes e a serem criadas.
  • Estimular iniciativas de melhoria do desempenho e das condições de financiamento de Grupos de Pesquisa.
  • Promover a integração da pesquisa com a extensão.
  • Fortalecer o ambiente institucional da pesquisa de qualidade, promovendo e apoiando atividades de pesquisa, no que diz respeito a sua execução e divulgação, com especial atenção à produção bibliográfica qualificada.
  • Contribuir para a preservação da memória bibliográfica e documental, assegurando condições adequadas de armazenamento aos acervos existentes na instituição.

Objetivo 9– Fortalecer a inserção regional e a responsabilidade social da ESMAC na área do ensino, pesquisa e extensão.

Metas:

  • Ampliar as parcerias de pesquisa entre a ESMAC e o setor empresarial, com atenção às pesquisas e extensões que envolvam interesses de bens ao eco sistema/meio ambiente, prestação de serviços e o desenvolvimento de ações culturais de repercussão social.
  • Ampliar a publicação em revistas indexadas nacional e internacionalmente.
  • Incentivar o intercâmbio internacional do corpo discente.

Extensão:

A ESMAC está empenhada em construir e consolidar uma política de extensão apoiando tais atividades com recursos de toda ordem, por meio de parcerias com instituições privadas ou públicas.

Objetivo 10– Melhorar as ações e estimular propostas inovadoras de interação comunitária com responsabilidade social.

Metas:

  • Consolidar a política de extensão vigente e expandir as atividades extensionistas.
  • Fomentar atividades que mostrem os avanços científicos e tecnológicos realizados pela ESMAC.
  • Estimular e consolidar ações de interação entre docentes, discentes, técnico-administrativos e a sociedade nas atividades de extensão.
  • Estabelecer uma política de avaliação das ações de extensão.
  • Divulgar e apoiar a produção bibliográfica originada a partir dos conhecimentos produzidos nos projetos de extensão desenvolvidos pelos atores da instituição junto a sociedade em geral.
  • Apoiar o estabelecimento de parcerias com organizações públicas e privadas para o desenvolvimento de projetos sociais.
  • Estimular a criação de clubes esportivos nos diferentes seguimentos esportivos para gerir atividades esportivas da instituição.
  • Estimular e consolidar atividades de extensão voltadas para as Artes, nas suas diferentes especificidades tornando-as acessíveis à sociedade.
  • Estimular e consolidar atividades de extensão voltadas terceira idade.
  • Incentivar a proposição de projetos que contribuam para a geração de emprego e renda de alunos.
  • Fomentar a criação de grupos de análise de conjuntura e fóruns de discussão em diversas áreas temáticas, visando a ampliar as contribuições da ESMAC para a resolução dos desafios contemporâneos da sociedade.

Cultura (Arte, Esporte e Lazer):

A ESMAC tem como objetivo central de sua política para a dimensão de cultura e arte a criação de um ambiente cultural e artístico mais ousado e vibrante, de efetiva contribuição para a formação integral do ser humano. Busca também ampliar seu papel como centro irradiador das artes e da cultura no Município.

Objetivo 11– Ampliar o ambiente cultural e artístico da ESMAC para aperfeiçoar a formação do ser humano.

Metas:

  • Melhoria e ampliação dos espaços culturais dentro da instituição, galeria de arte, anfi teatro e sala de cinema/audiovisual.
  • Fomentar a integração, a convivência harmônica e o bem-estar social da comunidade interna com programações culturais.
  • Promover a educação cultural e artística do corpo discente.
  • Ampliar a promoção de eventos culturais de grande visibilidade e relevância agregando valores à instituição.
  • Ampliar a produção artística, enfatizando atividades em artes visuais, cinema/audiovisual, teatro, dança e musica.
  • Ampliar a produção esportivas, nas diferentes modalidades.
  • Realizar periodicamente atividades filosófico-literárias.
  • Fomentar a realização regular de atividades extracurriculares com personalidades das ciências, artes e esportivas, em especial sobre temas relevantes da atualidade.
  • Propiciar cursos, oficinas de artes, esporte e lazer para a comunidade interna e externa.
  • Potencializar parcerias para a articulação de atividades/projetos artístico-culturais, esportivos com instituições privadas e públicas.

Digite uma palavra-chave e pressione ENTER para buscar