• Ciências Contábeis


    Reconhecido pelo MEC

    Portaria Nº 3873 de 26/12/2002


    Titulação

    Bacharel em Ciências Contábeis

Sobre o Curso

O Curso de Graduação em Ciências Contábeis é integralizado no prazo mínimo de 8 e no máximo de 14 semestres letivos.

CARACTERIZAÇÃO GERAL DO CURSO

DENOMINAÇÃO

Curso de Graduação em Ciências Contábeis, modalidade bacharelado.

TOTAL DE VAGAS ANUAIS

200 vagas anuais, com 02 (duas) entradas semestrais de 100 alunos.

REGIME ACADÊMICO DE OFERTA

Semestral

DIMENSÕES DA TURMA

Turmas de 50 alunos, sendo que, nas atividades práticas, as turmas têm as dimensões recomendadas pelo professor, com aprovação do Colegiado de Curso, sempre respeitado o limite máximo de 25 alunos por turma prática.

TURNOS DE FUNCIONAMENTO

Diurno e Noturno.

REGIME DE MATRÍCULA

Periodicidade Letiva Semestral.

CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO

O Curso de Graduação em Ciências Contábeis tem carga horária total de 3.600 horas.

 

Objetivo Geral

Graduar profissionais competentes e comprometidos com a sociedade para o qual disponibilizam seus serviços contábeis, norteados pela consciência lícita e crítica face à construção e à reconstrução da prática profissional em conformidade com as constantes mudanças sócio-políticas e econômicas, obedecendo às normas estabelecidas pelo Novo Código Civil, Lei nº 10.406/2002, de acordo com o enfoque em Empreendedorismo e Controladoria, que são o supedâneo do gerenciamento das informações para tomadas de decisão, com vista à formação cidadã.

Objetivos Específicos

São objetivos específicos do Curso de Graduação em Ciências Contábeis da Escola Superior Madre Celeste:

a)    Viabilizar conhecimentos teórico-práticos dos diversos ramos da profissão contábil, a fim de assegurar a atuação do Contador em qualquer das áreas do exercício profissional.

b)    Propiciar formação humanística como garantia da construção da consciência social e ética tornando-se possível a formação de uma nova mentalidade profissional que ultrapasse a relação capital x trabalho.

c)    Proporcionar visão estratégica de mercado a partir da administração dos sistemas de informações contábeis, capacitando o aluno a interpretar, a analisar e  a promover informações gerenciais eficazes à tomada de decisão.

d)    Promover a interpretação e o comprometimento profissional em todo processo de formação acadêmica que viabiliza a continuidade do elo: aluno, instituição de ensino, ação profissional e sociedade.

e)    Estimular a participação do aluno na construção do conhecimento contábil tomando por referencial não apenas o conhecimento teórico adquirido, mas a capacidade de administrar as peças contábeis.

f)     Oferecer informações que permitam ao aluno fazer relação entre o conhecimento adquirido em sala de aula e o exercício profissional, alicerçado numa ação pró-ativa.

Promover o desenvolvimento de ações que estimulem a Responsabilidade Social.

Diferenciais do Curso

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

QUANTO AO CONHECIMENTO

A maneira como o profissional vê a sociedade, as finalidades para as quais se organiza e as tarefas que propõe como objetivos definem a ação profissional. Desta forma, o desenvolvimento da competência técnico profissional do bacharel em ciências contábeis, nesta instituição, evidenciar-se-á na figura do profissional voltado para o ato de pensar, reconhecido na figura do "Controller", profissional que toma decisões com base nas informações contábeis e que analisa de forma clara e precisa.

Deste modo, destacam-se como conhecimentos principais:

a) raciocínio lógico, analítico e crítico no desfecho de problemas;

b) apresentação de relatórios contábeis que contribuam para eficiência e eficácia organizacional;

c) domínio da informática;

d) formação sistêmica: os problemas precisam ser compreendidos como um todo sejam provenientes de fatores humanos, fatores sociais, econômicos e políticos;

e) formação empreendedora: que possa garantir à empresa a adaptação a mudanças sociais ou o melhor aproveitamento de oportunidades de mercado; voltados à melhoria da produtividade e da qualidade;

f) visão interdisciplinar da atividade contábil.

QUANTO À AÇÃO PROFISSIONAL

No exercício de seu fazer profissional, pode-se definir algumas características principais:

a) superação da fragmentação do conhecimento em direção ao holismo, ao inter-relacionamento dos saberes, à interdisciplinaridade e transdisciplinaridade;

b) abertura para uma formação continuada;

c) habilidade no desenvolvimento pessoal que abranja a criatividade, a criticidade e a ética não perdendo de vista os reflexos sobre a sociedade;

d) apesar do desenvolvimento em equipe, manter independência em seu parecer como: auditor, perito e analista financeiro.

Pode-se então compreender as várias dimensões no modo como o profissional engendra sua prática cotidiana que remete à análise de importantes corolários. Primeiramente, remete à formação geral do conhecimento contábil em todas as habilidades em que a contabilidade esteja vinculada, atendendo às demandas do mercado globalizado; por conseguinte, à demanda regional pelos serviços contábeis e, por fim, seja em nível nacional, internacional ou regional à ação gerencial do patrimônio das organizações que se comprometem a administrar.

 

Perfil Profissional

As escolas de ensino superior são espaços de produção e difusão do conhecimento ao mesmo tempo em que constituem o caminho para a atuação no mercado nas mais diversas especialidades da atuação contábil referencial, e que norteia a formação de profissionais empreendedores, críticos, éticos e substancialmente competentes para atuar no mercado globalizado, cuja ênfase direciona-se à aplicação analítica da informação contábil da administração do sistema de planejamento e controle.

O perfil do profissional que se propõe formar deve apresentar visão além do domínio da estratégia de negócios. Deverá identificar os reflexos do mercado mundial sobre a região com a qual se compromete a prestar serviços contábeis. Desta forma, o cidadão formado no curso de Ciências Contábeis deverá ser capaz de:

a) atuar no mercado globalizado, cuja ênfase direciona-se à aplicação analítica da informação contábil na administração do sistema de planejamento e controle;

b) utilizar as ferramentas dos processos contábeis para aumentar  a eficiência do sistema gerencial e de auditoria, tendo em vista as exigências do mercado e as relações sócio-econômicas;

c) atuar no desenvolvimento e na implementação de políticas de planejamento de gestão utilizando as técnicas contábeis , assim como implementar atividades específicas da prática contábil de acordo com a Organização Mundial do Comércio, numa visão sistêmica e holística da atividade contábil;

d) implementar programas de auditoria, elaborando relatórios que possam contribuir para o melhor desempenho das empresas;

e) prestar serviços de consultoria nos diversos setores do mercado e nas demais áreas relativas à profissão;

f) entender a Educação Continuada como instrumento fundamental para a atualização profissional, acompanhando a evolução das legislações, bem como, dos recursos tecnológicos para promover a otimização dos sistemas contábeis.

Nessa perspectiva, credibilizam-se às diretrizes curriculares aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação – Câmara de Educação Superior, que identificam a competência profissional com o domínio do conhecimento, habilidades, atitude e motivação em conformidade com a dinâmica mundial, na visão sistêmica dentro da Legislação Contábil, desenvolvendo ações que permitam a construção de valores orientados para a cidadania.

 

Estrutura Curricular

O Curso de Ciências Contábeis da Escola Superior Madre Celeste - ESMAC - apresenta-se didaticamente alicerçado em três etapas da formação profissional.

A primeira voltada à capacitação profissional a partir de informações básicas, mas articuladas a outras áreas do conhecimento, em que se inicia a construção do pensamento científico em Ciências Contábeis. A utilização de outras ciências, que compõem a estrutura curricular do curso, bem como aquelas que fomentem a formação do pensamento crítico, ético, humanístico e inovador, permitem uma intervenção transformadora na sociedade.

A segunda voltada à formação profissional propriamente dita, quando o graduando adquirirá conhecimentos específicos à profissão de Contador, tais como: Controladoria, Contabilidade Púbica, Contabilidade Comercial, Auditoria, Contabilidade Agropecuária e demais disciplinas que compõem o currículo do curso.

Por fim a formação metodológica responsável pela dinâmica curricular na busca pela praxes profissional, compreendida pela relação dialética entre teoria e prática profissional.

Desta forma, destaca-se a importância que os diversos ramos científicos epistemologicamente contribuem para a análise e formação do profissional enquanto gestor de relações num mundo concreto, dinâmico, dialético, contudo, instrumentalizado para enfrentar as contradições da realidade do universo globalizado.

FUNDAMENTAÇÃO CURRICULAR

A elaboração da matriz curricular do curso de Ciências Contábeis propõe-se a contemplar as necessidades locais e regionais, atendendo a demanda do Estado do Pará, assim como satisfazer as exigências da legislação vigente para o ensino superior, baseando, com especial atenção à Resolução CNE/CES 10, de 16 de dezembro de 2004, a qual dispõe sobre as diretrizes curriculares para os cursos de Ciências Contábeis.

No que tange às diretrizes curriculares, pretende-se discutir, planejar e promover uma formação calcada na interdependência entre as disciplinas peculiares e a Ciência Contábil, assim como afins, possibilitando ao graduando o domínio da literatura da área e as experiências e aplicação das doutrinas à realidade.

A integração vertical abrangerá os conhecimentos específicos e de iniciação ao pensamento da ciência contábil, do seu desenvolvimento e das perspectivas do mercado globalizado.

Nesse sentido, consolidaremos a interação entre disciplinas básicas e complementares, rompendo a barreira entre as disciplinas e, por conseguinte, assegurando para o futuro o sucesso profissional dos graduados em Ciências Contábeis. Sucesso denunciado pela satisfatória gestão das informações contábeis para o desenvolvimento econômico global.

Desta forma, para sobreviver às mudanças que estão constantemente acontecendo e as que ainda estão por vir, assim como conscientes de formar profissionais comprometidos com o desenvolvimento social, econômico, político e cultural será implantado o laboratório contábil, administrado por docentes e discentes para concretização da praxe profissional. Essa relação teórico-prática é que fará do graduando da ESMAC o diferencial no meio contábil.

No que trata as habilidades interpessoais concluímos que são elementos de vital importância na relação ensino - aprendizagem para busca da eficiência do ensino da Contabilidade. Almeja-se com essa formação profissional o ensino participativo e inovador da prática contábil e na formação de novos pesquisadores na esfera da ciência contábil e conseqüentemente a graduação do Contador comprometido com a ética, a competência e o desenvolvimento social, econômico, político e cultural da sociedade.